Elon Musk e sua visão para a dominação financeira com o “X”

Geraldo Manoel

Especialista em Criptomoedas

Publicado em

Elon Musk e sua visão para a dominação financeira com o “X”

Elon Musk, o empreendedor visionário por trás da SpaceX e da Tesla, tem como objetivo revolucionar mais uma indústria – as redes sociais e as finanças. Musk transformou a popular plataforma de mídia social, anteriormente conhecida como Twitter, em uma nova potência chamada “X”. No entanto, o X não é apenas um aplicativo comum de mídia social; tem grandes ambições de emular o sucesso do super aplicativo chinês, WeChat, integrando serviços financeiros abrangentes.

Seguindo os caminhos da evolução do WeChat

O WeChat, criado pela gigante da tecnologia chinesa Tencent, começou como um simples aplicativo de mensagens em 2011, mas rapidamente expandiu seu escopo para abranger vários serviços. Hoje, serve como um super aplicativo multifuncional, permitindo que os usuários não apenas se comuniquem, mas também façam compras, pagamentos, peçam comida, marquem consultas e até solicitem divórcios, tudo na mesma plataforma. Esta integração notável tornou o WeChat uma parte indispensável da vida diária de milhões de usuários na China.

Musk imagina que, se executado adequadamente, o X poderia monopolizar “metade do sistema financeiro global”. De acordo com essa visão de apresentar um “mundo financeiro inteiro” na plataforma, o possível roteiro do X poderia incluir criptomoedas, com uma sugestão de apresentar o Dogecoin (DOGE). Dada a sua posição como a “praça global da cidade” onde as empresas de criptomoedas frequentemente conversam, a rebranding do X poderia moldar significativamente o futuro financeiro do Ocidente.

Musk: X para o “Mundo Financeiro Inteiro”

Musk delineou planos ambiciosos para incorporar serviços financeiros no X, prevendo que os usuários podem esperar acessar um “mundo financeiro inteiro” nos próximos meses. Como parte deste ‘tudo em um’, ativos digitais como Dogecoin (DOGE) devem desempenhar um papel fundamental. Anteriormente em abril, Musk anunciou uma parceria com a eToro para oferecer negociação de criptomoedas e ações na plataforma. Ele afirma que um plano bem executado poderia permitir que o X capturasse “metade do sistema financeiro global”, cobrindo bancos, pagamentos e muito mais.

Geraldo Manoel

Redator e escritor formado em enfermagem. Além de minha formação, tenho uma grande paixão por criptomoeda e futebol e sou sócio do grupo Bola. Gosto de escrever sobre criptomoedas e esportes e sempre estou em busca de maneiras de combinar minha formação e paixão em projetos significativos.
Sair da versão mobile