Binance quebra tentativa de fraude e economiza US$ 20 milhões

535

A Binance, uma das maiores exchanges de criptomoedas do mundo, conseguiu impedir uma tentativa de golpe que poderia ter resultado na perda de 20 milhões de dólares. O CEO da Binance, Changpeng ‘CZ’ Zhao, destacou a tentativa de golpe em um tweet, lembrando a comunidade cripto sobre a importância de permanecer vigilante e sempre verificar seus endereços de carteira.

A equipe da Binance detectou a atividade fraudulenta e interrompeu a tentativa de golpe sofisticada. O golpista tentou enganar os usuários gerando endereços que pareciam idênticos aos legítimos, combinando as letras iniciais e finais das carteiras públicas dos usuários. Este golpe se aproveita do fato de que a maioria dos titulares de carteira não verifica seu endereço público completo, mas apenas os primeiros e últimos caracteres.

Para enganar ainda mais seus alvos, o golpista executou transações de poeira para o endereço gerado. Como resultado, o endereço apareceu na carteira da vítima junto com outras transações anteriores. O perigo real surge quando o operador de cripto tenta enviar fundos para o endereço legítimo pretendido, eles erroneamente escolhem uma das transações anteriores e copiam o endereço, levando a um resultado trágico.

Felizmente, a Binance, uma exchange de cripto muito experiente, notou o erro imediatamente após a transação. A equipe agiu rapidamente com um pedido para congelar os fundos USDT em questão. Embora o processo de recuperação ainda esteja em andamento e envolva a apresentação de um relatório policial, o aspecto crucial foi que os fundos foram retidos com sucesso dos golpistas.

O incidente serve como um lembrete severo para toda a comunidade cripto sobre a necessidade de vigilância e reações rápidas diante de tais golpes. Ser proativo e se manter informado sobre os últimos golpes pode reduzir significativamente o risco de se tornar vítima de tais atividades fraudulentas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui