Governo paralelo de Mianmar e cripto

473

Governo paralelo de Mianmar e cripto. Assim Pela primeira vez em Mianmar, o Spring Development Bank tornou-se a pioneira em operar exclusivamente com base em criptomoedas e blockchain.

A primeira instituição bancária totalmente baseada em criptomoedas de Mianmar anunciou um lançamento suave programado para 22 de julho. Essa iniciativa pode proporcionar ao governo paralelo do país um maior acesso a serviços financeiros e financiamento.

O banco, denominado Spring Development Bank, recebeu o nome da Revolução da Primavera. É portanto um movimento de oposição liderado pelo Governo de Unidade Nacional (NUG) exilado de Mianmar, que está em desacordo com o Conselho de Administração do Estado (SAC) – a junta militar que assumiu o controle do país em fevereiro de 2021.

Público

O público-alvo do banco inclui não apenas os 55 milhões de birmaneses que residem em Mianmar. Mas também os dois milhões de birmaneses que vivem e trabalham fora do país, frequentemente enviando remessas financeiras de volta para casa.

Construído sobre a rede Polygon, o banco tem como principal objetivo tornar os pagamentos nacionais e internacionais mais rápidos e eficientes. Assim poder oferecer acesso global a uma ampla gama de produtos financeiros.

Um funcionário do Spring Development Bank, que preferiu permanecer anônimo por razões de segurança, explicou que a adoção da criptomoeda foi a escolha óbvia para fornecer apoio financeiro aos cidadãos birmaneses e ao governo exilado.

O banco criptográfico recém-estabelecido não teve um lançamento direto pelo Governo de Unidade Nacional (NUG), porém, segundo o funcionário, foi lançado com o total apoio e recursos do NUG. Além disso, o banco obteve licença e regulação do banco central interino controlado pelo NUG de Mianmar.

O CEO do banco, identificado como Calvin T por questões de segurança. Portanto observou que o lançamento dessa nova instituição marca o primeiro passo em direção à restauração da liberdade financeira em Mianmar.

Sistema financeiro

Naing destacou que o sistema financeiro controlado pela base militar está enfrentando sérios problemas e que o Spring Development Bank desempenharia um papel fundamental ao proteger os ativos financeiros dos cidadãos.

As taxas atualmente aplicadas no envio de dinheiro para o país através dos meios tradicionais podem chegar a até 30%.

“Optamos por construir tudo na rede Polygon, tanto por questões de custo quanto porque acreditamos que o ecossistema Polygon tem uma maior viabilidade a longo prazo”, explicou o funcionário.

O banco emitirá várias novas stablecoins, cada uma vinculada a diferentes moedas fiduciárias, incluindo o kyat de Mianmar, o baht tailandês, o dólar de Cingapura e o dólar americano. Os usuários poderão utilizar o recurso de “troca de moeda” do banco, desenvolvido na plataforma UniSwap V3, para realizar a conversão entre essas stablecoins.

Punições

Segundo o funcionário, em Mianmar, os residentes que demonstram apoio ao Governo de Unidade Nacional (NUG) . O que pode ser tão simples quanto possuir o aplicativo errado em seus telefones – são frequentemente alvos de punições públicas violentas e prisões.

Devido a essa repressão, a interface de usuário do banco foi projetada como uma plataforma “somente web“. Embora se assemelhe a um aplicativo, o funcionário incentiva os usuários a acessá-lo através de uma janela anônima para evitar o armazenamento de histórico do navegador.

Em 31 de dezembro de 2021, o NUG reconheceu oficialmente a stablecoin Tether (USDT) atrelada ao dólar americano como curso legal, visando acelerar o comércio internacional.

Embora o Governo de Unidade Nacional tenha sido formalmente reconhecido como o governo oficial de Mianmar por vários membros das Nações Unidas e do Parlamento Europeu em outubro de 2021. Já os Estados Unidos ainda não concederam reconhecimento oficial a esse governo exilado.

Twitter

Instagram

Para mais notícias relacionadas a criptomoedas, acesse nosso site 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui