O cofundador da Polygon propõe atualização

487

Em uma publicação no fórum datada de 20 de junho, Mihailo Bjelic, um dos cofundadores da Polygon, sugeriu aprimorar a rede de prova de participação (PoS) da Polygon.  Assim migrando-a para uma variante chamada “zkEVM validium“. Caso essa atualização seja implementada, a nova versão incorporará provas de conhecimento zero como medida adicional para reforçar a segurança. . Mihailo Bjelic propôs que a incorporação de tecnologia de verificação de conhecimento nulo poderia fortalecer a segurança da rede. Enquanto preserva as taxas em um nível reduzido.

O Polygon PoS, uma solução de escalabilidade para a Ethereum, tem um valor total bloqueado de mais de US$ 900 milhões em seus contratos. Portanto processa mais de 2 milhões de transações diariamente. Foi lançado inicialmente em 2019. Em março, a equipe da Polygon introduziu uma segunda rede chamada  zkEVM, que utiliza rollups de prova de conhecimento zero para escalonar a Ethereum.

zkEVM

Na postagem de 20 de junho, Bjelic propôs uma atualização da antiga rede PoS para uma versão zkEVM, conhecida como Ethereum Virtual Machine de conhecimento zero. Isso significa que ambas as redes passariam a depender de provas de conhecimento zero. No entanto, ao contrário da rede lançada em março, a nova versão do Polygon PoS não seria um “rollup”, de acordo com Bjelic. Em outras palavras, ela não armazenaria os dados das transações compactados diretamente na Ethereum.

O cofundador da Polygon apresentou um cronograma estimado para a implementação da atualização, sugerindo que sua proposta informal poderia se tornar uma proposta formal de melhoria da Polygon até novembro e ser implantada na rede principal entre fevereiro e março de 2024.

Em suma a introdução do zkEVM e a atualização do Polygon PoS fazem parte de um plano abrangente da equipe para criar uma “Supernet” que conecte diversas cadeias de aplicativos específicos. Os desenvolvedores se referem a esse projeto como “Polygon 2.0“.

Twitter

Instagram

Para mais notícias relacionadas a criptomoedas, acesse nosso site 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui