SEC acusa Binance e CEO de suposta fraude

495

A Binance, a principal exchange de criptomoedas do mundo, está enfrentando acusações da Securities and Exchange Commission (SEC). Assim o órgão regulador do mercado financeiro dos Estados Unidos apresentou uma série de denúncias na segunda-feira, 5 de junho, tanto contra a empresa quanto contra Changpeng Zhao, um dos cofundadores.

No total, foram feitas 13 acusações, alegando que a Binance e seu fundador violaram as leis de valores mobiliários dos Estados Unidos. De acordo com a denúncia, a empresa e o executivo estariam facilitando a negociação de criptoativos em bolsas não regulamentadas da própria Binance no exterior por investidores americanos de alto patrimônio – o que é proibido pela lei americana.

Para esclarecer, a Binance possui uma subsidiária nos Estados Unidos chamada Binance.US. A empresa só pode operar legalmente com investidores americanos por meio dessa filial, que deve estar em conformidade com as leis dos EUA. No entanto, Zhao teria supostamente desviado o dinheiro desses investidores “super ricos” para a operação da Binance no exterior.

Denúncia

Segundo a denúncia, Zhao utilizou uma empresa europeia chamada Merit Peak, controlada pelo próprio executivo, para realizar essa prática. Portanto a SEC também alega o uso de serviços de rede privada virtual (VPN) para ajudar os investidores a ocultarem suas localizações durante as operações online.

A CNBC relatou que a denúncia da SEC se baseou em uma investigação que contou com o depoimento de dois ex-CEOs da Binance.US. Ambos expressaram preocupação em relação às ações de Zhao no controle da empresa.

A SEC divulgou um comunicado oficial alegando que os réus demonstraram um “desrespeito flagrante” pela lei federal e que tanto Zhao quanto a Binance estavam envolvidos em uma rede extensa de enganos, conflitos de interesse, falta de divulgação e evasão calculada da lei.

Changpeng Zhao, através de sua conta no Twitter, rejeitou as acusações e afirmou que emitirá uma resposta assim que a empresa for oficialmente notificada.

Os problemas enfrentados pela Binance destacam os desafios que os órgãos reguladores de diferentes países enfrentam ao tentar controlar as operações das exchanges. No ano passado, a FTX, uma concorrente da Binance, viu seu negócio entrar em colapso após acusações de fraude.

Em suma a crise na Binance cria obstáculos para os investidores de criptomoedas. Na segunda-feira, 5 de junho, o valor do bitcoin caiu 5%, atingindo US$ 25.700. No entanto, ao longo do ano, a criptomoeda já registrou uma valorização de mais de 55%.

Twitter

Instagram

Para mais notícias relacionadas a criptomoedas, acesse nosso site 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui